Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

- BUSCA E APREENSÃO DE VEÍCULO, COMO EVITAR?

- BUSCA E APREENSÃO DE VEÍCULO, COMO EVITAR?

Crise financeira gera dívidas... E quem nunca?

A dica de hoje vai te ajudar a entender o que fazer quando as parcelas vão se acumulando e a financeira começa a insistir em ligações de cobrança de hora em hora.

A primeira coisa que você deve pensar é regularizar o máximo de parcelas possível ou então ingresse com Ação Revisional para discussão de juros.

A vantagem da Ação Revisional é obstar (segurar) a Ação de Busca e Apreensão.

A legislação vigente não prevê após quantas parcelas inadimplidas o Banco pode ingressar com a Busca e Apreensão de veículo, mas na prática temos visto que em média de 03 a 04 parcelas.

Antes de ingressar com a Ação de Busca o Banco deve notificar extrajudicialmente através de Cartório de Notas, mas se chega neste ponto

já é bem tarde.

Quando o Banco entra com a ação de busca e apreensão, o Devedor recebe citação judicial e o oficial de justiça já pode apreender o veículo.

A partir daí o Devedor tem 02 medidas a serem tomadas:

1) Purgar a mora em 05 dias da apreensão do veículo (significa que deve PAGAR o débito que inclui despesas judiciais, despesas de cartório e honorários do advogado do Banco, ou seja, não fica barato); ou/e

2) Apresentar defesa no processo, também através de advogado.

CONCLUSÃO, nunca fique inerte deixando o tempo passar, pague a dívida, renegocie ou ingresse com ação revisional.

E ainda, nunca faça um acordo para devolução do veículo sem consultar um advogado.

-> -> -> - > Quer receber informações sobre outro assunto? Entre em contato, solicite informações ou comente este post com o assunto pretendido, terei prazer em atendê-lo(a)!


 

13 3388-3900

©2018 by Ana Cláudia Figueiredo Advogada. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now